CIRURGIAS MASCULINAS

cir1

Apesar de as mulheres dominarem os consultórios de cirurgia plástica, cada vez mais os homens vêm se preocupando com seu corpo e sua estética, de forma que mitos e pudores em relação a o que é a masculinidade vêm sendo modificados a cada dia.

A procura pela melhora estética vem desde a adolescência, quando os hormônios elevados acarretam espinhas e oleosidade da pele, e há uma grande procura por profissionais dermatologistas. Queixo grande ou pequeno, nariz grande e corpo “fino” são preocupações frequentes nessa fase de vida. Cada um na intenção de se destacar entre os outros ou para as mulheres. Horas em academias de ginástica e boa alimentação por vezes não são suficientes para se atingir o corpo ou a melhora da autoestima que se deseja, e um procedimento cirúrgico pode surgir como um aliado a tudo isso.

Ao mesmo tempo, na vida adulta e com o envelhecimento, alterações hormonais, cutâneas e de queda de cabelo levam a diversas queixas relacionadas à estética facial e corporal.

De uma forma geral, as cirurgias e procedimentos masculinos mais realizados são:

LIPOASPIRAÇÃO
O tronco masculino se diferencia do feminino por ter uma forma em “V”. Os ombros têm maior largura que a cintura e quadril, diferentemente do corpo feminino, que é, como diz o popular, em forma de violão. Muitas vezes os homens se apresentam com depósitos de gordura localizados em região periumbilical e nas laterais (flancos), prejudicando essa estética já descrita. A cirurgia de lipoaspiração se torna então de grande valia na busca da melhoria desse contorno corporal, e os resultados são bastante satisfatórios. (Acesse Lipoaspiração)

PLÁSTICA DO ABDOME
A plástica do abdome é indicada em casos onde há flacidez de pele secundário geralmente ao avanço da idade e após grandes perdas de peso. A pele flácida é tracionada para baixo e retirada, gerando a cicatriz em região pubiana. Além disso, quando há também uma frouxidão da musculatura abdominal, esta pode ser atenuada com pontos de tensão (“aperto”). Pode ser associada uma lipoaspiração para melhor definição do contorno do tronco. (Acesse Plástica do Abdome)

Importante salientar que por muitas vezes, além da flacidez muscular e de pele há uma protusão do abdome secundária ao acúmulo de gordura intra-abdominal (dentro da cavidade abdominal), entre os órgãos internos. Esta situação leva a uma grande pressão de dentro pra fora que dificulta o “aperto” realizado pela plástica, prejudicando o resultado. Essa gordura está associada a sobrepeso, obesidade e maior risco de doença cardiovascular, e ela não pode ser manipulada durante a cirurgia. Portanto o ideal é que o homem esteja em condições saudáveis de peso e hábitos de vida, a fim de resultados mais duradouros e satisfatórios.

TRATAMENTO DA GINECOMASTIA
A ginecomastia é definida como o aumento do volume das mamas masculinas. Pode ocorrer em várias idades, e as causas mais comuns são: uso de algumas medicações, esteróides, doenças do fígado, avançar da idade, grandes perdas de peso e alterações hormonais da adolescência. O cirurgião plástico avaliará cada caso a fim de definir a gravidade e a indicação cirúrgica.

Em casos menos graves, onde o aumento é restrito à região retro-areolar (abaixo das aréolas), o tratamento cirúrgico envolve apenas uma pequena cicatriz em torno delas. Pode ser associada uma lipoaspiração. Nas situações de maior gravidade, com excedente de pele e queda das mamas, cicatrizes mais extensas poderão ser indicadas.

CIRURGIA DA CALVÍCIE
A primeira consideração para homens que desejam se submeter ao transplante de cabelo é o tempo envolvido, pois geralmente são necessários vários procedimentos cirúrgicos com longos intervalos de recuperação. Um tratamento pode durar de dezoito meses a dois anos ou mais. As incisões ou os locais do transplante podem ficar visíveis, especialmente nas fases iniciais do processo de transplante de cabelo.

PLÁSTICAS NA FACE
O envelhecimento facial masculino acarreta algumas alterações mais comumente encontradas, que são:

  • Rugas na região frontal
  • Rugas na região dos “pés de galinha”
  • Excedente de pele e “bolsas” em pálpebras superiores e inferiores
  • Queda lateral dos supercílios
  • Espessamento da pele do nariz e queda da ponta
  • Queda da região das bochechas
  • Frouxidão da pele do pescoço, levando a “papadas”

Os procedimentos não cirúrgicos muitas vezes são utilizados, ou como um complemento à cirurgia, ou como uma opção à mesma em situações de alterações leves do envelhecimento.

Uma boa parte das rugas visíveis na face são causadas pela contração da musculatura envolvida, e são chamadas de rugas dinâmicas. Elas podem ser atenuadas pelo uso da toxina botulínica, que paralisa o músculo, dando maior jovialidade à face e às expressões faciais. Ao mesmo tempo, em algumas áreas onde são percebidas algumas depressões por ruga ou atrofia da pele, pode-se lançar mão das substâncias preenchedoras, em geral o ácido hialurônico. Importante ressaltar que essas modalidades de procedimentos são temporárias, e haverá necessidade de reaplicação após alguns meses.

No que tange aos procedimentos cirúrgicos propriamente ditos, em geral, sabe-se que a pele do rosto masculino tem um suprimento mais rico de sangue que a pele do rosto feminino. Rostos masculinos sangram mais durante a cirurgia e tem risco maior de haver hematoma após a cirurgia. Ademais, qualquer cicatriz resultante de uma cirurgia é mais difícil de ser escondida nos homens, pois não usam maquiagem ou o corte de cabelo para camuflar a cicatriz, como muitas mulheres fazem.

O crescimento do cabelo e da barba desempenham papel fundamental no resultado. Se o paciente é calvo ou tem queda de cabelo, talento artístico é necessário para esconder a incisão, especialmente na área da região temporal. Se pele do pescoço contendo pelos é trazida para trás das orelhas durante a cirurgia, você precisará raspar atrás das orelhas ou na parte de trás do pescoço. No entanto, às vezes, a depilação a laser pode corrigir este problema. Certifique-se de discutir estas possibilidades com o seu cirurgião.

A área da “papada”, abaixo do queixo, também é uma preocupação para muitos homens. Em pacientes mais jovens, somente a lipoaspiração pode ser suficiente para corrigir o problema. Pacientes mais idosos podem requerer um lifting cervical, com remoção do excesso de pele, e reposicionar os músculos dessa região. Estes músculos são geralmente mais espessos em homens que em mulheres, mas não representam um desafio maior para o cirurgião plástico.

Em resumo, os procedimentos mais realizados são:

  • Preenchimentos faciais
  • Toxina botulínica
  • Plástica das pálpebras (ver BLEFAROPLASTIA)
  • Plástica da face (Lifting) (ver LIFTING FACIAL)
  • Plástica de pescoço (Lifting cervical)
  • Rinoplastia (ver RINOPLASTIA)

IMPLANTES
Nos últimos anos, os cirurgiões plásticos têm desenvolvido formas de melhorar o contorno muscular com implantes estéticos. Implantes de panturrilha são usados para dar plenitude estética à perna. Ao mesmo tempo, implantes peitorais podem ser usados para aumentar o volume da região dos músculos peitorais em homens saudáveis. Implante de mento é uma opção ao avanço ósseo em pacientes com hipomentonismo (queixo curto).

Voltar
buy term paper